sábado, Outubro 27, 2012

re caída

dois links
o primeiro para o link, para o auto-link, que o Tiago aqui postou
sim... claro... mas o "problema", não é, nunca foi nem nunca será (a arquitectura... decai...), a falta de trabalho... o "problema" é... o "problema" é quem (ao nosso trabalho...) o (a) pague...
podemos sempre imaginar brigadas de intervenção (de joker-arquitectos) ambulantes... dispostas a remendar coberturas e a consertar (concertinas) janelas por comida mas não seria bem a mesma coisa... (pois não!?...)
podemos sempre imaginar as sub-seitas (cedofeita!) da "escola do porto", colectivamente organizadas na salvaguarda (património à escala mundial...) da lâmpada da cozinha da casa da avó do Siza (ou lá o q'era...), mas isso seria já entrar pelos caminhos (futuros) do (novo) misticismo pós-revolucionário...

e neste link entronca também (que não no entrocamento), a "notícia" (mt obg J.) da (primeira... international...) Concentração Portuguesa de Arquitectos em Mação
da armação da barraquinha à democrática eleição para Miss T-Shirt molhada...
eu até gostava de ir mas tenho receio que isso do Brunch oferecido pela entidade seja alguma espécie de pucarinhas (adoro - como em Nabokov: pu-ca-ri-nhas... - a lascívia desta palavra) alguma variedade, por mim desconhecida, de benenosas...

10 Comments:

Anonymous CPAM said...

Falamos em Mação

6:55 da tarde  
Blogger AM said...

obg. colegas (GRRR) :)
eu falo, e de vez em quando também faço, por aqui
e já é um (blogue em) pau :)
(vou então trocar o link para o horroroso fakebook pelo bem mais simpático blogspot) :)

7:23 da tarde  
Blogger AM said...

rodeia (fiat lux!) e "gui" no mesmo e-vento...
só com um carro novo para rodar... :)

7:28 da tarde  
Anonymous tms said...

O meu Polo (o carro do povo não é o Clio!) já tem 10 anos, por isso a treta da rodagem já não serve. Mas seria com todo o prazer que passava por tua casa para irmos os dois.
Podias fazer uma prelecção sobre "Ser o Rei da blogosfera" que, certamente, ensombraria a de "Ser o presidente da ordem".
Abraço!

6:31 da manhã  
Blogger AM said...

da blogo, um humilde militante de base :)
a casa (do banco) não fica em (esse) caminho :) mas sabes que estás sempre convidado :)
o meu também tem mais de 10 :) e sendo também alemão :) também não é o do povo :) (agora quase não paçça dos 100 pelo que mais um motivo para)
para tomar o poder (ai os "inimigos" dos "estados gerais" de Mação...) todas as idades são boas :)
a prelecção... :) tinha pensado em qualquer coisa sobre desenhos em guardanapos na cantina/refeitório da associação de trabalhadores :)
parece que o tema deixa uns coleguitas a salivar... :)

10:50 da manhã  
Blogger AM said...

o tema da posta seguinte *, já que o ARX também conta estar presente, também tinha a sua graça :)))

* http://odesproposito.blogspot.pt/2012/10/o-mercado-e-outros-trabalhos-recentes.html

10:53 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Parece que o encontro que ocorreu em AVEIRO/1979 sob o tema ARQUITECTURA EM DEBATE (!!) está a servir de inspiração à concentração de Mação. Para os mais distraidos é bom recordar que grande parte dos intervenientes nessa jornada de luta pela afirmação da classe :)))) vieram mais tarde a cavalvagar a onda especulativa do imobiliário e dos equipamentos públicos que de norte a sul enxameiou o pais de nome arquitectura dita de autor. Ou seja: foram a Aveiro posicionar-se para o bodo dos fundos europeus dos anos 80 e 90. Nesses anos prestaram-se a tudo em troca de trabalho, prestigio e chorudos honorários. Nunca os vi preocupados com os problemas da desigualdade social, que agora tanto os aflige. Nunca os vi indignados quando, com o seu nome, contribuiram para a homologação de escolas de arquitectura sem qualquer credibilidade ou necessidade. Nunca os vi nos sitios onde os problemas da habitação eram urgentes e a dignidade humana estava em risco. O próprio Siza, que não me recordo se esteve esse encontro, aproveitou a onda do SAAL para se pôr ao fresco para o norte da Europa e aí ganhar a vida a projectar museus e sem a chatice das reinvidicações das comissões de moradores.
Andaram anos a fio às costas do Estado ( e vice versa) sem tino nem cautela, agora queixam-se. Não têm trabalho? Dava jeito um programa de investimentos de larga escala? Façam o que tão bem sabem fazer: no encontro de Mação arregimentem um rol de apelidos e apresentem ao Gaspar o portefólio dos (bons) serviços prestados . Nunca se sabe…

Si fueris Romae, Romano vivito more.

JFragoso

2:25 da tarde  
Blogger AM said...

bem, em 79 não estava cá...
em 79 estava... lá... "demasiado a entretido a crescer", ao som (disco pedido...) do another brick in the wall (as crianças ouvem d'isto em pequenitas e depois...)
sobre isso de Mação (e sobre o resto) concordo
o Siza lucrou bem com a fama de "comunista" (que tenha aproveitado a "fama" e a sorte de uma geração para alguns bons trabalhos - outros nem isso... - é o seu maior mérito...)
latim não percebo (eu é mais burro) mas acredito que sim
já lá perguntava o outro: onde é que tu estavas no 25 de abril...

8:39 da tarde  
Blogger AM said...

ou então vou :)
"inimigo" - inês lobo :)))
porque será que ninguém da coisa (e alguns, muitos, sabem d'ODP e até já comentaram - e foram comentados... - por aqui...), porque será que ninguém da coisa deu à costa...

8:43 da tarde  
Blogger AM said...

ou uma merda mais esquisita :)
"inimigo" - da (blogo) esfera e outras pirâmides perdidas... :)))

8:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home